A assessoria de Frei Betto confirmou hoje a saída do teólogo da Assessoria Especial da Presidência da República no próximo mês. Como assessor, Frei Betto participou da Mobilização Social do Programa Fome Zero e da elaboração da política de combate à fome.

Ele coordena também a equipe do Talher Nacional, órgão ligado ao Fome Zero, que tem como objetivo promover a educação cidadã. Os participantes da equipe vão se encontrar hoje com o presidente Lula na residência oficial da Granja do Torto.

Segundo a assessoria, Frei Betto deixa o cargo por motivos pessoais porque gostaria de voltar a desenvolver atividades que abandonou por não ter mais tempo, como escrever. A assessoria informou também que Frei Betto já conversou sobre sua saída com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Carlos Alberto Libânio Christo, Frei Betto, nasceu em Minas Gerais. Escritor, teológo e amigo pessoal do presidente Lula, o padre dominicano é autor de mais de 40 livros. No final da década de 60, Frei Betto foi preso pela ditadura militar. Participou de atividades em pastorais em São Paulo ? no mesmo período em que o Partido dos Trabalhadores foi criado.