Foram utilizados quatro barcos e um
carro na Operação de fiscalização.

Pela segunda vez neste ano, o Ibama/Parque Nacional do Iguaçu e Pelotão Policial Florestal do Iguaçu (PPFI) e o Parque Nacional Iguazú, na Argentina, por meio do corpo de Guarda-parques, promoveram uma fiscalização conjunta no Parque Nacional do Iguaçu e Parque Nacional Iguazú. Desencadeada de 3 a 6 de dezembro, sua intenção foi combater o corte de palmito, coibir a caça e a pesca, desmantelando acampamentos e fabriquetas clandestinas no interior da mata.

Desta vez, foram utilizados quatro barcos e um carro, que apoiou a equipe por terra em Capanema, município do Sudoeste do Paraná.

Segundo o diretor do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro, as ações de fiscalização no parque têm sido intensificadas e a idéia é aumentar ainda mais a proteção da unidade, intensificando ações em conjunto entre o Ibama, a Polícia Florestal, a Polícia Federal e guarda-parques argentinos. Em 2004 está previsto a realização de novas operações visando a proteção dos parques. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)