O Brasil está mais perto de abrigar novamente uma Copa. Hoje, durante reunião de seu comitê executivo, em Zurique (Suíça), a Fifa anunciou que o Mundial de 2014 será realizado na América do Sul.

Com isso, o Brasil entra em cena para tentar trazer o torneio de volta ao país depois de 64 anos. Na última vez que organizou a Copa, em 1950, a seleção perdeu para o Uruguai em pleno Maracanã, no Rio.

A opção pela América do Sul segue o sistema de rodízio, que estabelece que a Copa deve ser realizada uma vez na Europa e duas fora. Em 2006, o torneio acontecerá na Alemanha e, em 2010, na África.

Em outubro do ano passado, Blatter estabeleceu o Brasil como principal candidato a abrigar o evento. Na oportunidade, em entrevista à rádio argentina Rivadavia, ele informou que o presidente da Confederação Sul-Americana, Nicolás Leoz, iria apresentar uma petição requerendo a organização da Copa.

Caso confirme sua intenção de realizar o Mundial, o Brasil deve ter como concorrentes a Bolívia, o Chile e o Peru, que já acenaram com a possibilidade de lançar uma candidatura conjunta.