A revista Imprensa realizou uma pesquisa entre 400 jornalistas de todo o País, a fim de aferir o pensamento da categoria sobre o grau de conhecimento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva dos empréstimos feitos pelo Partido dos Trabalhadores para cobrir despesas de campanha.

O resultado deixou exíguo espaço para o contraditório, porquanto 92% dos entrevistados declararam a convicção que o presidente sabia, total ou parcialmente, das operações efetuadas pelo tesoureiro do partido.

Figura insigne do PT, um de seus fundadores, o promotor Hélio Bicudo, vice-prefeito de São Paulo na gestão de Marta Suplicy, assegurou que Lula tinha informações sobre todas as coisas feitas por Delúbio Soares.

Dias antes, d. Geraldo Agnelo, no encerramento da assembléia geral da CNBB, havia dito que pela natureza do cargo, o presidente deveria estar informado de tudo. Se por acaso alguma informação adicional ainda fosse necessária, aduziu o prelado, já teria dado tempo de o presidente saber.

Falando na Escola de Governo na última terça-feira, o jurista Fábio Konder Comparato sublinhou que até ?a velhinha de Taubaté sabe?. Os jornalistas ouvidos por uma publicação especializada do meio cravaram resposta quase unânime. Afinal, eles conhecem a matéria e têm faro apurado para orientar-se mesmo em terreno coberto pelas sombras da dissimulação.