Uma contusão tirou Ronaldinho Gaúcho do amistoso de amanhã entre as seleções do Brasil e de Portugal, no estádio do Arsenal, o Emirates, em Londres. Mesmo a quilômetros de distância, e enquanto faz tratamento em Barcelona, o meia virou centro de polêmica na capital britânica.

O prestigioso jornal inglês The Sunday Times publicou, em sua edição de ontem, reportagem que fala de suposto descontentamento do astro com o pouco aproveitamento no time nacional, desde que assumiu a nova direção.

Segundo o diário londrino, Ronaldinho teria pensado na possibilidade de não atender mais a convocações. Ou, numa hipótese menos radical, proporia a Dunga deixá-lo fora de alguns amistoso e mesmo da Copa América deste ano, marcada para junho/julho, na Venezuela. Com isso, poderia descansar um pouco, ficaria menos exposto e poderia concentrar-se para momentos de fato importantes.

O Sunday Times diz também que Ronaldinho anda aborrecido com os comentários de Dunga sobre o grupo que defendeu o Brasil no Mundial da Alemanha. A reportagem foi motivo de dor de cabeça para Dunga, assim que desembarcou ontem em Londres. Mal pisou no saguão de desembarque, no aeroporto de Heathrow, foi bombardeado de perguntas sobre a reportagem – por jornalistas brasileiros e portugueses.

?Isso é surpresa para mim?, respondeu o treinador, incomodado com a polêmica. ?Não falei nada sobre o rendimento de Ronaldinho?, desconversou. ?Isso é algo interno. Falei nos últimos dias com Assis (irmão e procurador do craque) e ele me disse que não tinha nada disso.

Dunga reconhece que ficar insatisfeito com a reserva é reação normal para qualquer jogador, sobretudo para quem tem o status e o currículo de Ronaldinho Gaúcho. A resposta evasiva foi a forma que encontrou também para driblar questão mais delicada – a de que tem deixado o meia-atacante do Barcelona mais no banco do que em campo nas andanças da seleção pelo mundo. Dunga garante que não há nenhum tipo de caça às bruxas e muito menos detectou qualquer estremecimento no relacionamento. ?Ronaldinho age de maneira exemplar.

Não é o que afirma o Sunday Times. O jornal garante que ouviu ?fontes? ligadas ao craque, que confirmaram seu descontentamento a vontade de ter férias no meio do ano (se jogar a Copa América completará três temporadas sem descanso completo) e o desejo de entender-se com Dunga. Sempre segundo o diário, Ronaldinho só não anunciou aposentadoria da amarelinha, com 26 anos, porque também contrariaria acordos com a Nike, sua patrocinadora.