O piloto alemão Adrian Sutil será o segundo piloto da equipe Spyker na temporada de 2007 da Fórmula 1. Aos 23 anos, ele tem um currículo respeitável: foi campeão japonês de Fórmula 3 no ano passado, com a Toyota, e vice europeu da mesma modalidade em 2005, superado apenas pelo inglês Lewis Hamilton, que será companheiro de Fernando Alonso na McLaren.

No ano passado, Sutil chegou a pilotar dos treinos livres da sexta-feira em três corridas pela equipe, ainda chamada de Midland. "Para ser honesto, eu acreditava que seria apenas piloto de testes", afirmou o piloto, que terá como companheiro o holandês Christijan Albers.

"É uma grande contratação para a equipe. Trata-se de um piloto que amadureceu rapidamente e nos deixou muito impressionados no ano passado, e é por isso que fizemos questão de contar Col ele" disse o chefe da equipe, Colin Kollers, que escolheu o piloto em detrimento do português Tiago Monteiro, que não marcou nenhum ponto no ano passado.

Com a chegada de Sutil, os únicos cockpits ainda não definidos para 2007 são os da Toro Rosso, que tende a manter a dupla de 2006, com o norte-ameriano Scott Speed e o italiano Vitantonio Liuzzi – que marcou o único ponto da equipe na temporada, com o oitavo lugar no GP dos Estados Unidos. "Eles estão na pole, mas ainda não encerramos nossas discussões e devemos ter algo certo até o fim do ano", disse o ex-piloto austríaco Gerhard Berger, um dos sócios da equipe.

Outro alemão, Timo Glock, foi anunciado pela BMW Sauber como o segundo piloto de testes da equipe, que terá seu compatriota Nick Heidfeld e o polonês Robert Kubica como titulares, além de outro alemão, Sebastien Vettel, como piloto de testes. Glock foi quarto colocado na GP2 em 2006 e disputou quatro GPs pela Jordan em 2004 – terminou em sétimo logo na estréia, no Canadá.