O primeiro dia de atendimento em horário integral nos órgãos e serviços públicos do Estado vem tendo pouco movimento. Muitas pessoas ainda não sabem que, a partir de hoje, o expediente não é feito somente no período da tarde, mas, o dia todo, em horário comercial.

A mudança aconteceu em função de uma determinação do governador Roberto Requião, que estabelece que os órgãos da administração direta e indireta funcionem das 8h30 às 18h, sem interrupção ao meio-dia. Desde janeiro de 2001, um decreto assinado pelo ex-governador Jaime Lerner instituía para as repartições públicas o funcionamento das 12h30 às 19h. O argumento para o expediente parcial foi para reduzir custos de telefone e energia elétrica, porém, a atual administração acusa que não há relatórios com registros dessa economia.

Na Junta Comercial, por onde passam mais de trezentas pessoas por dia, o atendimento foi tranqüilo durante toda manhã. A mesma situação foi verificada no prédio do Procon. A tradicional fila que se formava uma hora antes da abertura do órgão não foi registrada ontem, e as pessoas nem precisavam esperar para serem atendidas.

O único órgão que não mudará o horário será o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran). O atendimento ao público continuará sendo feito das 8h às 14h, e o argumento para a manutenção é que o horário é vinculado ao expediente bancário. Essa determinação também é válida para todas as Ciretrans e postos de atendimento no interior do Estado. (Leia mais na edição de amanhã de O Estado Paraná)