Menos de uma semana depois da retirada das tropas do Exército das ruas, os militares voltaram hoje (20) a ocupar uma favela carioca. Segundo o coronel Fernando Lemos, da assessoria de imprensa do Comando Militar do Leste (CML), cerca de 150 homens do 1º Batalhão de Polícia do Exército estão realizando uma operação na Favela do Dique, zona norte da cidade.

Segundo o Exército, a operação é para cumprir mandados de busca e apreensão. Mas o Ministério Público Militar confirma que foi solicitado um pedido de prisão temporária de um terceiro suspeito na Favela do Dique.

Apesar dos dez fuzis e uma pistola terem sido recuperados, o Exército ainda investiga o roubo, acontecido no último dia 3. Dois ex-militares já foram presos, suspeitos de participarem da ação criminosa. Cinco moradores da Favela de Nova Brasília, no Complexo do Alemão, também estão sendo investigados pelo inquérito policial militar.