Os militares que fazem operações em nove favelas cariocas apreenderam hoje uma granada de mão que pode pertencer ao Exército Brasileiro. O armamento foi encontrado na Favela de Vila Kennedy, zona oeste da capital, durante as buscas por dez fuzis e uma pistola roubados de um quartel na última sexta-feira (3).

De acordo com o coronel Fernando Lemos, da assessoria de comunicação do Comando Militar do Leste (CML), será feita uma perícia para confirmar se a granada pertence mesmo ao Exército. Além da granada foram apreendidos pelos militares dois coletes a prova de balas e material de comunicação usado pelo tráfico de drogas de Vila Kennedy. No Morro da Providência, também ocupado pelo Exército, foi encontrada uma pistola Uzi.

Segundo o coronel Lemos, o Exército desocupou as favelas do Parque Alegria e de Vila Pinheiros (Complexo da Maré), mas ocupou outras duas hoje: Vila Kennedy e Metral, ambas na zona oeste da cidade. Os militares também ocupam as principais vias de acesso ao município do Rio de Janeiro. Mil e quinhentos homens estão atuando na operação para recuperar o armamento. Nenhum dos fuzis foi encontrado.