A equipe leste do Rally da Safra completou ontem (3) os primeiros mil quilômetros de estrada. Hoje pela manhã, a equipe saiu de Ponta Grossa com destino a Maringá, a 300 km de distância no sentido noroeste do Estado do Paraná. As chuvas esparsas das últimas semanas vêm preocupando os agricultores da região.

Ontem, a equipe inspecionou várias lavouras ao longo da estrada e constatou problemas com déficit hídrico em razão da escassez de chuvas. Ivo Antonini é um dos que estão preocupados. Ele cultiva 170 hectares no município de Marialva, todos ocupados com a soja no verão e com milho na safrinha. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)