O eritreu Tadese Zersenai faturou hoje o Campeonato Mundial de Cross Country, disputado em Mombasa, no Quênia. Ele venceu a principal prova da competição, a corrida masculina para adultos, completando os 12 quilômetros do percurso em 35min50s.

Zersenai surpreendeu o etíope Kenenisa Belele, pentacampeão mundial, que liderou boa parte da prova e desistiu no final. O pódio foi completado pelos quenianos Moses Mosop (36min13s) e Bernard Kipyego (36min37s). Com isso, o título na competição por equipes ficou com o Quênia.

O brasileiro melhor colocado foi Roberto de Oliveira, que chegou na 83.ª posição (40min26s) entre os 175 atletas que disputaram a prova. Por equipes, o Brasil ficou no 13.º lugar.

Na corrida adulta feminina, a vitória foi da queniana naturalizada holandesa Lornah Kiplagat, que fez os 8 quilômetros em 26min23s. Duas corredoras da Etiópia completaram o pódio: Tirunesh Dibaba (26min47s), e Meselech Mekalmu (26min48s). A Etiópia foi campeã por equipes.

A brasileira melhor colocada foi Rosa Barbosa, que chegou em 61.º lugar entre 94 competidoras.