A equipe russa que vai resgatar os três astronautas que deixam a Estação Espacial Internacional (ISS) está preparada para fazer até três tentativas de pouso enquanto a cápsula está na órbita da Terra. A primeira delas está marcada para as 3h56 (horário de Moscou) do dia 9. O planejamento de resgate foi detalhado hoje (5) pelo general Valery Korzun, primeiro vice-comandante do Centro de Treinamento Gagari na Cidade das Estrelas, a 50 quilômetros da capital russa.

As diversas tentativas precisam estar planejadas em decorrência das condições ideais de pouso, entre elas o vento. "A equipe é composta por nove helicópteros russos MI-8, com capacidade para 30 pessoas. Também estão preparados três carros especiais capazes de andar até na Lua. Eles serão usados caso os helicópteros não consigam descer no local", explicou Korzun.

O provável local de pouso é uma área de 60 a 80 quilômetros de raio em torno da cidade de Arclalic, no Cazaquistão. As três tentativas de pouso vão depender das três voltas da nave em torno da Terra. Com base no tempo de duração de uma órbita ? 90 minutos ?, as três tentativas serão executadas pela equipe de resgate. Caso todas elas sejam necessárias, isso resultaria num tempo total de espera de quatro horas e meia.

Como as órbitas nem sempre possuem o mesmo trajeto pode haver uma mudança no local de pouso que pode variar em até 100 quilômetros. Com essa possibilidade, os helicópteros trabalham com uma autonomia de vôo de 400 quilômetros.