Brasília – A Comissão Pastoral da Terra (CPT) lança, na próxima segunda-feira (16), a publicação Conflitos Agrários no Brasil 2006. O levantamento reúne dados sobre conflitos pela posse da terra no Brasil e contabiliza os assassinatos nesse contexto. Segundo divulgação preliminar, foram 39 assassinatos no campo em 2006, contra 38 em 2005, segundo a versão anterior da publicação.

Além de dados estatísticos, o documento também reúne análises de especialistas e lideranças sociais sobre a situação no campo brasileiro. Segundo a CPT, este ano, a publicação também enfoca conflitos pela água e pela posse de territórios de comunidades tradicionais, como índios e quilombolas, além dos problemas gerados pelo desmatamento da Amazônia e pelo desrespeito aos direitos trabalhistas, com a escravidão, por exemplo.

O lançamento da publicação acontece na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília.