Luiz Antonio Vedoin fez uma ameaça a deputados que ainda preserva e mantém no anonimato. São parlamentares que não constam da lista dos 90 sob suspeita da CPI das Sanguessugas. Segundo o empresário, esses deputados lhe devem muito dinheiro. "Emprestei dinheiro até para eles financiarem campanha eleitoral", afirmou Vedoin na sede da Polícia Federal

Ele não identificou seus devedores. "Não vou declinar os nomes agora porque estou pensando em ir à Justiça para receber", declarou o empresário. Ele anotou que para um único parlamentar repassou R$ 300 mil. Para outro, R$ 250 mil. Agora que está sob fogo cerrado da CPI e da Polícia Federal ele quer todo o dinheiro de volta. Caso contrário vai dar os nomes, um a um

"São vários parlamentares e são expressivos os valores", disse o deputado Júlio Delgado (PPS-MG), que integra a CPI. "Ele (Vedoin) contou que tem as provas, os depósitos para fazer a cobrança.