O Empório Metropolitano, programa de geração de renda da Fundação de Ação Social (FAS), registrou recorde histórico de participação este ano: 589 artesãos e produtores artesanais de Curitiba e Região Metropolitana se inscreveram para vender seus produtos nas nove lojas do Empório Metropolitano espalhadas pela cidade. No ano passado, apenas 80 artesãos se inscreveram no programa.

"Ficamos surpresos com o número de inscrições neste ano", diz Juliano Martins Oliveira, coordenador do departamento de Geração de Renda da FAS. Das 589 inscrições feitas nos dias 21 e 22 de fevereiro, 212 artesãos foram selecionados e tiveram seus produtos avaliados por uma comissão técnica. Destes, 62 foram aprovados no teste de qualidade, enquanto o restante aguarda um novo processo de avaliação, que acontece no final deste mês.

Após a última etapa da seleção, os produtores participarão de cursos, treinamentos e palestras sobre escoamento de produção, cálculos de custo, atendimento ao cliente, tendências de moda, fluxo de caixa e outras informações que contribuam com seu crescimento profissional.

Os produtos selecionados serão pré-comercializados nas lojas do Empório Metropolitano e em feiras, para verificação inicial de sua aceitação, valor e volume de produção. O programa considera produtos artesanais alimentícios e não alimentícios que possam ter produção semi-industrial e em série.