As vendas reais do setor supermercadista registraram alta de 9,65% em março em relação a igual mês de 2012, de acordo com o Índice Nacional de Vendas divulgado nesta segunda-feira, 29, pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Na comparação com fevereiro deste ano, o indicador subiu 19,26%. No primeiro trimestre o setor teve alta de 3,53% em relação a igual período de 2012. Esses índices já foram deflacionados pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em valores nominais, o índice de vendas da Abras apresentou alta de 16,92% em março na comparação com igual mês do ano passado. Em relação a fevereiro deste ano, houve avanço de 19,82%. O acumulado nominal do ano aponta alta de 10,17%.

Segundo o presidente da Abras, Fernando Yamada, a Páscoa foi o principal impulsionador da expansão nas vendas do setor no mês passado. “A Páscoa permitiu extraordinário crescimento das vendas do setor”, disse.

Preço

A AbrasMercado, cesta de 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK a pedido da Abras, apresentou queda de 0,45% em março em relação a fevereiro de 2013. Na comparação com março de 2012 o indicador cresceu 12,66%, passando de R$ 315,26 para R$ 355,16.

Os produtos com as maiores altas em março na comparação com fevereiro foram cebola (+23,1%), tomate (+11,94%) e leite em pó integral (+6,17%). Já entre as maiores quedas estão carne traseiro (-7,34%), açúcar (-3,90%) e carne dianteiro (-3,70%).