As vendas de imóveis residenciais usados nos Estados Unidos subiram 5,1% em fevereiro, para a taxa anualizada de 4,72 milhões de unidades, ante 4,49 milhões de unidades em janeiro, informou nesta segunda-feira (23) a Associação Nacional de Corretores de Imóveis. Economistas esperavam venda de 4,48 milhões de unidades. O aumento de fevereiro é o maior desde julho de 2003.

O excesso de imóveis disponíveis provocou forte queda dos preços. O preço mediano caiu para US$ 165,4 mil em fevereiro deste ano, o que representa uma queda de 15,5% em relação a fevereiro do ano passado. Em janeiro de 2009, o preço mediano estava em US$ 164,8 mil. A queda de 15,5% registrada no mês passado é a segunda maior já verificada, atrás apenas do declínio de 17,5% apurado em janeiro.

O relatório mostrou que o estoque de imóveis residenciais usados aumentou 5,2% no fim de fevereiro, para 3,8 milhões de moradias disponíveis para venda, o que representa oferta para 9,7 meses no ritmo atual de vendas – mesma relação de janeiro. As informações são da Dow Jones.