O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, afirmou que seu país não tem problemas de liquidez de curto prazo e que os depósitos nos bancos gregos estão seguros. O comentário foi feito depois de uma reunião do dirigente com outros líderes europeus.

Na reunião, o líder da Grécia informou que vai enviar uma nova lista de medidas de reformas econômicas para as autoridades europeias nos próximos dias e vai implementar a decisão tomada no mês passado pelo Eurogrupo. Segundo Tsipras, essa nova lista será enviada “assim que possível”, em sinal de que o governo grego pretende ser mais rápido em suas ações para poder receber em breve mais ajuda financeira internacional.

Tsipras disse que o encontro foi fundamental para colocar o acordo da Grécia com os seus parceiros “de volta nos trilhos”, acrescentando que o ambiente era “caloroso e amigável.”

“Em termos de procedimento, vamos apresentar um pacote completo de propostas de reforma ao Eurogrupo o grupo de ministros de Finanças da zona do euro”, disse Tsipras, ao afirmar também que este processo poderia permitir uma liberação gradual de parcelas da tranche de 7,2 bilhões de euros (US$ 7,76 bilhões).

O primeiro-ministro se encontrou ontem com a chanceler alemã, Angela Merkel, e outros líderes importantes, à margem de uma reunião de cúpula da União Europeia. Tsipras fará nova reunião com Merkel em Berlim na segunda-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.