A montadora de veículos japonesa Toyota Motor afirmou que vai realizar seu maior recall da história após relatos de que o pedal do acelerador ficou preso no tapete do carro, levando o veículo a acelerar mesmo depois que o motorista retirou o pé do acelerador. A Toyota emitiu um alerta para proprietários de cerca de 3,8 milhões de carros de oito modelos das marcas Toyota e Lexus, pedindo que eles retirem os tapetes dos carros.

“Essa é a maior ação que a Toyota já fez nos EUA”, afirmou um porta-voz da companhia durante entrevista coletiva à imprensa. A montadora afirmou que precisa examinar melhor os problemas dos modelos, individualmente, antes de emitir um recall oficial e que vai lançar uma campanha de segurança mais ampla já na próxima semana.

O alerta – que foi emitido junto com um similar feito pela Administração Nacional de Segurança do Tráfego nas Estradas – segue-se a um acidente fatal em San Diego, na Califórnia, neste mês, que levou a Toyota a pedir que os revendedores inspecionassem seus carros. Representantes da companhia disseram que o acidente ainda está sob investigação e não especificaram quantos relatos receberam de problemas com os tapetes dos veículos.

“Esse é um assunto urgente”, afirmou o secretário do Departamento de Transportes (DOT) dos EUA, Ray LaHood, em comunicado. “Para o bem de todos, nós pedimos que os proprietários desses veículos removam os tapetes ou outros obstáculos que possam levar a uma aceleração involuntária”, disse.

Os alertas foram emitidos para os seguintes modelos: Camry 2007-2010, Avalon 2005-2010, Prius 2004-2009, Tacoma 2005-2010, Tundra 2007-2010, ES 350 2007-2010, IS 250 e IS 350 2006-2010. As informações são da Dow Jones.