O número de participantes de consórcios subiu 9,6% no primeiro semestre de 2013 ante o mesmo período do ano passado, de 4,99 milhões para 5,47 milhões, divulgou nesta segunda-feira, 22, a Associação Brasileira de Administradores de Consórcios (Abac). No período, os consórcios somaram R$ 40,8 bilhões em negócios, 6,8% a mais que os R$ 38,2 bilhões de 2012.

Segundo a entidade, o total de contemplações – momento quando os consorciados vão ao mercado de posse da carta de crédito para adquirir bens ou contratar serviços – chegou a 606,9 mil nos primeiros seis meses deste ano, alta de 1% na comparação com o total de 600,9 mil do mesmo período de 2012. As vendas de novas cotas chegaram a 1,3 milhão no período.

O sistema teve presença significativa no escoamento da produção de motocicletas, com 43,3% de participação nas vendas, e de veículos leves, com 13,4%, de janeiro a junho, segundo o presidente executivo da Abac, Paulo Roberto Rossi. “No caso dos imóveis, apenas no primeiro trimestre deste ano as contemplações corresponderam a 14,97% de média nacional dos negócios com parcelamentos, considerando também as unidades financiadas pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo”, afirmou.