A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,958 bilhão em abril. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, trata-se do melhor resultado para o mês da história. O secretário de Comércio Exterior do ministério, Ivan Ramalho, disse que sem a greve dos auditores da Receita Federal e a paralisação do Porto de Paranaguá o resultado poderia ter sido ainda melhor.

“A operação-padrão (dos auditores da Receita) afetou um pouco a logística das empresas, retardando alguns embarques. (…) Isso nos leva a acreditar que o resultado da balança pode ter sido prejudicado”, disse Ramalho.

Desde o início de abril os auditores da Receita estão em greve e têm feito constantemente operação-padrão para retardar o embarque e desembarque de mercadorias compradas ou vendidas a outros países.

Além disso, as sucessivas paralisações no Porto de Paranaguá também podem ter prejudicado as exportações, principalmente de soja.

Por outro lado, favoreceram as exportações a melhoria dos preços internacionais das commodities. Em relação a abril de 2003, tiveram crescimento representativo os preços de farelo de soja (39,7%), carne de frango (37,9%), soja em grão (38,9%) e café em grão (39,7%), entre outros.