A segurança energética do Reino Unido pode estar em risco se o governo não chegar a um acordo com a EDF Energy sobre a usina nuclear de Hinkley Point, informou neste domingo o Sunday Telegraph, citando um grupo industrial.

Lord Hutton, presidente da Associação da Indústria Nuclear, disse ao jornal que a interrupção das negociações pode ameaçar outros projetos do setor de energia e prejudicar a entrada de novos investidores no Reino Unido.

A Électricité de France, companhia da qual a EDF Energy é subsidiária, pediu no mês passado que as autoridades britânicas apressem a decisão sobre o preço da eletricidade para o novo reator nuclear da companhia em Hinkley Point, no sudoeste da Inglaterra. As informações são da Dow Jones.