Começou nesta segunda-feira, 29, o processo de convocação dos primeiros candidatos que participarão dos cursos profissionalizantes do programa Via Rápida Emprego, em 2013. Os cursos, oferecidos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) do Estado de São Paulo, terão início entre os meses de maio e junho e serão ministrados em Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado de SP.

De acordo com a SDECT, mais de sete mil candidatos se inscreveram para concorrer a uma das vagas nas 249 turmas que serão formadas. Quem está desempregado tem prioridade. Os candidatos que receberem o aviso de que foram selecionados devem comparecer ao local indicado na correspondência, munidos de RG e CPF para realizar a matrícula.

A chamada acontece na capital paulista e em outros 195 municípios da Grande São Paulo e regiões de Araçatuba, Baixada Santista, Barretos, Bauru, Campinas, Central, Franca, Marilia, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, São Jose do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Segundo o secretário da pasta, Luiz Carlos Quadrelli, ainda neste ano, todos os municípios paulistas contarão com o Via Rápida Emprego e os subsídios para os candidatos selecionados poderão chegar até R$ 460. “Os estudantes receberão material didático, transporte no valor de R$ 150 e auxílio alimentação de R$ 100. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210 durante o período da capacitação”, completa.