A agência de classificação de risco Standard & Poor’s revisou para negativa, de estável, a perspectiva do rating AAA do Reino Unido. Os analistas citam a convocação do referendo sobre a permanência do país na União Europeia como causa dessa revisão.

No final de maio, a Rainha Elizabeth II, da Inglaterra, apresentou a agenda legislativa do governo reeleito do Partido Conservador e confirmou planos para um referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia.

“Nós acreditamos que a decisão do governo do Reino Unido de convocar o referendo sobre a adesão à UE em 2017 indica que as políticas econômicas estão em risco de ficar mais expostas às políticas partidárias do que anteriormente previsto, semelhante à situação que levou à redução do rating dos Estados Unidos em 2011. Uma possível saída do Reino Unido da UE também levanta questões sobre o financiamento dos grandes déficits gêmeos da economia e da elevada dívida externa de curto prazo”, escreveram os analistas da agência.