O banco francês Société Générale (SocGen) anunciou o lançamento de uma emissão de direitos de subscrição no valor de ? 4,8 bilhões (US$ 7,073 bilhões), para pagar ? 3,4 bilhões (US$ 5,01 bilhões) ao governo e usar o restante na compra dos 20% que o banco ainda não tem de sua unidade Credit du Nord, bem como para fortalecer seus níveis de capital. O anúncio chega uma semana depois de o concorrente BNP Paribas dizer que, por causa da melhora nas condições do mercado, levantaria ? 4,3 bilhões (US$ 6,336 bilhões) em dinheiro novo para pagar ao governo.

O SocGen pegou ? 3,4 bilhões em ajuda estatal, em duas parcelas, no pico da crise financeira. O banco está oferecendo aos investidores duas novas ações para cada nove que eles já possuem, a ? 36 cada. De acordo com a instituição, a oferta representa um desconto de 26,9% no preço teórico das ações ex-direitos, com base no preço de fechamento na segunda-feira. A oferta será lançada na próxima quinta-feira, dia 8, e os papéis começam a ser vendidos no dia 20.

O banco informou que reembolsará o governo imediatamente depois que receber os recursos. Depois disso e da compra da participação remanescente no Credit du Nord, o SocGen usará o restante do dinheiro para voltar ao porcentual de 8% no núcleo pro forma do capital de nível 1, o mesmo registrado no fim de junho, e para uma elevação de todo o capital de nível 1 de 9,5% para 9,7%. As informações são da Dow Jones.