Com a decisão de corte de 0,50 ponto porcentual na taxa Selic tomada nesta quarta-feira pelo Comitê de Política Monetária (Copom) e um comunicado com conteúdo idêntico ao da reunião de abril, a equipe da LCA Consultores reiterou sua estimativa de que o Banco Central repetirá a dose na reunião de julho do comitê.

Em comunicado divulgado à imprensa, a consultoria destacou que continua com a previsão de que o ciclo de reduções nos juros, iniciado em agosto de 2011, será encerrado exatamente no próximo encontro do Copom, quando a autoridade monetária deverá reduzir pela última vez a Selic, que fechará 2012 na marca de 8,00% ao ano.

“Nosso cenário base antevê uma melhora gradativa do ambiente externo e uma retomada paulatina da atividade doméstica no decorrer do segundo semestre – contexto que nos parece condizente com a nossa projeção de que a taxa básica de juros será reduzida até 8% ao ano”, escreveram os economistas da LCA.

Além de manter suas estimativas, que já haviam sido coletadas pelo AE Projeções na semana passada, a LCA avaliou que renovou o alerta de que parece relevante o “risco de frustração” das expectativas de uma continuidade de cortes ainda mais agressivos na Selic, além da marca de 8%.