Com forte saída de dólares do País na segunda semana de dezembro, o fluxo cambial total ficou negativo em US$ 2,412 bilhões no mês até o dia 12, informou nesta quarta-feira, 17, o Banco Central. As operações financeiras do mês até essa data responderam por remessas líquidas de US$ 3,552 bilhões, diferença entre entradas de US$ 16,747 bilhões e remessas de US$ 20,298 bilhões.

No comércio exterior, o saldo ficou negativo em US$ 1,140 bilhão, com importações de US$ 6,887 bilhões e exportações de US$ 8,027 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,389 bilhão em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 2,220 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 4,4184 bilhões em outras entradas.

Semana passada

Ainda de acordo com o BC, o fluxo cambial ficou negativo em US$ 2,044 bilhões na segunda semana do mês. Segundo a instituição, o segmento financeiro, que reúne operações como investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras, registrou saídas de US$ 2,498 bilhões de 8 a 12 de dezembro. O resultado é a diferença entre entradas de US$ 8,874,6 bilhões e remessas de US$ 11,372,9 bilhões.

No mesmo período, no comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 453,4 milhões, com importações de US$ 3,911 bilhões e exportações de US$ 4,364 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 751,7 milhões em ACC, US$ 1,209 bilhão em PA e US$ 2,403 bilhões em outras entradas.