Depois de dois meses de queda, a arrecadação de impostos e contribuições cobrados pela Receita Federal mostrou pequena recuperação e atingiu R$ 98,713 bilhões em abril. O resultado representa aumento real de 0,07% (com correção da inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA) em relação a igual mês do ano passado.

Sobre março deste ano, a arrecadação de abril apresentou um crescimento de 23,31%. Apesar do crescimento baixo, a arrecadação de abril é recorde para o mês e superou o teto do intervalo das estimativas coletadas pelo AE Projeções, que iam de R$ 82,400 bilhões a R$ 97,000 bilhões. A arrecadação nos quatro primeiros meses do ano somou R$ 370,444 bilhões, com queda real de 0,34% em relação a igual período de 2012.