A Receita Federal está alertando os contribuintes sobre o envio de e-mails falsos para a regularização do CPF (Cadastro de Pessoa Física). De acordo com a Receita, quadrilhas aproveitaram o anúncio de suspensão de CPFs para agir.

Os fraudadores estão enviando e-mails falsos em nome da Receita e convocando o usuário a regularizar eventuais pendências do CPF, com mensagens que levam o timbre do governo federal, do Ministério da Fazenda e da Receita Federal.

A Receita informou que não envia, ?em hipótese alguma?, mensagens eletrônicas sem autorização do contribuinte.

Advertiu ainda que o usuário não deve responder a qualquer mensagem dessa natureza, sob risco de estar repassando aos fraudadores dados pessoais, fiscais e bancários.

No caso de receber esse tipo de mensagem, o órgão arrecadador recomenda ao contribuinte não abrir arquivos anexados, pois podem causar danos ao computador e capturar informações confidenciais, não clicar em links recebidos, mesmo que estejam em nome da Receita, e excluir imediatamente a mensagem.

A Receita Federal suspendeu cerca de 6,489 milhões de CPFs (Cadastro de Pessoa Física) de contribuintes que ficaram dois anos seguidos sem entregar a declaração de Imposto de Renda ou de isento. No ano passado, foram cancelados 7,8 milhões de documentos.