O ministro da Previdência Social, Carlos Gabas, informou que o próximo pagamento das aposentadorias acima de um salário mínimo já virá corrigido com o reajuste de 7,7%, sancionado hoje pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Gabas disse que a equipe econômica ainda está discutindo como será feito o pagamento da diferença do reajuste de 6,14%, concedido de janeiro a junho deste ano, com o novo valor autorizado hoje pelo governo. O ministro sinalizou, no entanto, que até agosto tudo deve estar normalizado.