O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que 13,5 milhões de brasileiros serão beneficiados pela desoneração da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) para pessoa física proposta nesta terça-feira (6) ao PSDB pelo governo. Desse total, cerca de 7 milhões serão isentos do tributo. Os outros 6,5 milhões terão uma desoneração parcial da CPMF.

Segundo o ministro da Fazenda, cerca de 27 milhões de brasileiros já não pagam hoje a CPMF. Se for aprovada a proposta apresentada ao PSDB, aproximadamente 40 milhões de brasileiros serão beneficiados pela desoneração. Entre as propostas apresentadas, o governo ofereceu isentar de CPMF quem ganha até R$ 4.340,00. Mas, para o PSDB, a proposta do governo é "insuficiente", como afirmou o senador Sergio Guerra (PSDB-PE).