A Agência Nacional do Petróleo (ANP) informou hoje que o Brasil atingiu, em dezembro, recorde na produção de petróleo, com a marca de 2,18 milhões de barris por dia, alta de 4,4% com relação ao mês anterior. O volume inclui a produção da Petrobras (que também foi recorde em dezembro, segundo a empresa informou há duas semanas) e das companhias privadas que operam no País.

De acordo com as contas da agência, a estatal foi responsável por 92,9% da produção nacional de petróleo no último mês de 2010. Nos campos do pré-sal, a estatal e seus parceiros extraíram 65,2 mil barris por dia no período. Somando o gás, a produção nacional foi de 2,61 milhões de barris de óleo equivalente por dia. Os dados constam do Boletim de Produção Mensal da ANP, divulgado hoje.

No documento, a ANP destaca nova redução na queima de gás natural no Brasil, que ficou em 6,6 milhões de metros cúbicos por dia, queda de 11,4% com relação ao mês anterior. O índice de aproveitamento do gás em campos de petróleo foi de 90,4%. Com relação aos campos produtores, Jubarte, Cachalote e Marlim, na Bacia de Campos deram a maior contribuição para o crescimento da produção em dezembro. Todos são operados pela Petrobrás.