A produção de automóveis apresentou melhora em agosto, em relação a julho, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar de não divulgar dados tão segregados com ajuste sazonal (apenas para as atividades), o gerente da Coordenação de Indústria do IBGE, André Macedo, disse que a partir da análise interna das informações verificou-se esse aumento na margem.

Apesar disso, o conjunto da atividade de veículos automotores não conseguiu escapar de um resultado negativo e registrou recuo de 1,5% em agosto ante julho. “Há uma melhora desse item (automóveis) especificamente, mas não reverte o conjunto do setor”, disse Macedo.

Segundo ele, segmentos como o de autopeças puxaram o desempenho para baixo. Além disso, o crescimento de 8,4% na produção de veículos em julho ante junho elevou a base de comparação e tornou mais difícil a sustentação de bons resultados. “Permanecem, independentemente disso, a rotina de férias e reduções de jornada de trabalho”, justificou o analista do IBGE. Na comparação com agosto de 2013, a produção de veículos teve baixa de 25,6%.