Na hora de adquirir pescado, valem algumas recomendações do Procon-PR, protegendo, assim, a saúde. "Pesquisar preços é importante", lembra o coordenador Algaci Túlio, "mas o consumidor deve também ficar muito atento à qualidade, às condições de higiene dos locais de venda, peso, armazenamento e refrigeração".

Assim, no supermercado o consumidor deve verificar se peixes e frutos do mar estão em balcão frigorífico; na feira, expostos em balcão de inox inclinado e protegidos do sol e de insetos, cobertos e envoltos por gelo picado. É obrigatório o uso de luvas descartáveis pelo feirante ou funcionário que manuseia o alimento. No caso de produtos congelados, observar a data de fabricação, validade e identificação do fornecedor, bem como a temperatura ideal para a sua conservação.

Se o alimento for pesado na hora da compra, observar as condições da balança, que deve mostrar claramente o peso do produto ao consumidor.

Olho na Qualidade

Na compra de peixes e frutos do mar, a recomendação é a de que o consumidor fique de olho na qualidade: aspecto, odor e a coloração. Estas são as características principais a serem observadas na hora da compra:

Peixes: possuir cheiro característico, nunca forte demais; olhos brilhantes e salientes; guelras de cor vermelho vivo, ventre firme e escamas inteiras e presas ao corpo. Peixes secos, salgados e defumados com manchas esverdeadas ou avermelhadas podem estar deteriorados.

Bacalhau: não deve possuir manchas avermelhadas ou pintas pretas em seu dorso, que podem indicar deterioração ou bolor. É importante saber a sua procedência e o tipo – tradicional é o do Porto, salgado, e importado da Noruega ou de Portugal. Existem espécies afins como Ling e Zarbo e a principal diferença entre eles está na maciez.

Camarão: o corpo deve apresentar-se firme e rijo; a casca consistente e bem presa e a cabeça aderente ao corpo. Nunca compre camarão com cheiro de amoníaco ou que tenha escurecida a parte que une a cabeça ao corpo. Evite comprar camarão limpo, pois é mais difícil saber se está fresco.

Frutos de Mar: no ponto de venda, mexilhões, ostras e vôngoles devem estar com as conchas completamente fechadas. No entanto, após seu cozimento, os que permanecerem fechados não devem ser consumidos, pois podem estar deteriorados. Lulas e polvos devem estar com coloração roxo claro e com pele firme ao corpo.