O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, aproveitou a Audiência de Fiscalização e Tributação no Congresso para mandar um recado aos empresários brasileiros.

Segundo Meirelles, os empresários também podem contribuir para a redução da inflação, mudando a metodologia de reajuste de seus preços.

Ele afirmou que os formadores de preço deveriam tomar decisões de acordo com a inflação futura e não apenas nas taxas das variações passadas de preços.

“É muito importante que a sociedade brasileira não olhe apenas para a taxa de juros, mas olhe para o sistema de formação de preços no Brasil”, afirmou o presidente do BC.

Segundo ele, a decisão de reduzir a taxa de juros ou compulsório dos bancos é uma questão de governo. “Governar é fazer escolhas. A escolha atual é baixar a inflação. A experiência nos mostra que reduzir os juros em um ambiente de altas taxas inflacionárias não leva ao crescimento econômico nem barateia o crédito”, segundo Meirelles.

O presidente do BC disse esta semana que o governo optou por controlar a inflação, e não vai se afastar deste objetivo até atingi-lo.