Os preços dos bens finais, no âmbito do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), desacelerou de 0,78% em abril para 0,57% em maio, informou nesta quarta-feira a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Os bens finais foram em sentido oposto aos intermediários e das matérias-primas brutas, que no mês apresentaram aceleração de preços. Em bens intermediários, houve aceleração para 1,59%, ante 1,13% em abril. As matérias-primas brutas subiram 1,32% em maio, após alta de 0,97% no mês anterior.