O preço do etanol hidratado deve permanecer em níveis elevados até meados de abril e início de maio, quando o produto da nova safra – 2011/12 – deve começar a entrar no mercado. A informação é do economista Plínio Nastari, presidente da Datagro Consultoria.

Segundo ele, o valor do hidratado está no limite de alta nos postos de combustíveis e também do ponto de equilíbrio com o preço da gasolina. Por isso, afirmou, o preço não deve subir ainda mais, embora deva continuar nos atuais patamares até a entrada da safra. Atualmente, o etanol hidratado só está competitivo em relação à gasolina no Mato Grosso.

Nastari disse também que na safra 2011/12 a queda do preço não será tão abrupta como no período anterior, mas acontecerá de forma de gradual. Ele estima que o piso do preço do hidratado ao produtor ficará entre R$ 0,80 e R$ 0,85 por litro, acima do R$ 0,70 registrado em 2010 e do R$ 0,58 em 2009. “A diferença de preços será bem menor na safra e entressafra deste ano”. Esse piso maior fará com que o etanol fique competitivo em menos Estados.

A expectativa da Datagro é de que o consumo de hidratado na safra 2011/12 fique em 14,22 bilhões de litros, queda relação aos 15,65 bilhões de litros da safra 2010/11. Já o consumo de anidro deve atingir 8,5 bilhões de litros, ante 7,75 bilhões na safra anterior.