Os cigarros registraram um aumento de preços de 5,70% no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) de fevereiro, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O movimento foi resultado do aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre o item.

Outros destaques no IPCA-15 do mês foram os itens artigos de higiene pessoal (1,71%), eletrodomésticos (1,58%), empregado doméstico (1,12%) e automóvel novo (0,90%).

Em fevereiro, cinco dos nove grupos que compõem o IPCA-15 registraram aceleração em suas taxas de variação: Alimentação e Bebidas (de 1,45% em janeiro para 1,74% em fevereiro), Artigos de residência (de 0,45% para 0,82%), Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,61% para 0,78%), Educação (de 0,33% para 5,49%) e Comunicação (de -0,06% para 0,08%).

Houve desaceleração em Vestuário (de 0,12% para 0,01%), Transportes (de 0,68% para 0,46%) e Despesas pessoais (de 1,80% para 1,15%). Já o grupo Habitação teve deflação (de 0,74% para -2,17%).