Os trabalhadores do Porto de Santos realizam uma paralisação na manhã desta sexta-feira contra a medida provisória 595, a MP dos Portos.

A Companhia Docas do Estado de São Paulo informou que, de 20 navios atracados que deveriam operar das 7h às 13h, apenas três estão operando, pois conseguem realizar o embarque e desembarque de forma automatizada, sem mão de obra.

A previsão é de que os portuários fiquem parados até as 13h desta sexta. Na terça-feira (26), eles voltam a fazer greve, das 13h às 19h.