O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial do Japão subiu de 48,4 em outubro para 48,9 em novembro, segundo dados publicados pela IHS Markit e pelo Jibun Bank nesta segunda-feira, 2 (pelo horário local).

A leitura abaixo de 50 indica contração da atividade econômica. Apesar do avanço, o resultado de novembro marca o sétimo mês consecutivo de retração do setor industrial japonês.

Em comunicado, a Markit informa que o volume de pedidos registrou o 11º mês consecutivo de baixa, e que a demanda externa teve a queda mais acentuada em cinco meses. “Os pedidos de exportação caíram no ritmo mais acelerado desde meados do ano, em meio a relatos de fraqueza da demanda em importadores essenciais – nomeadamente, a China”, comenta o economista Joe Hayes, da Markit.

“Os estoques de insumos também caíram fortemente, sugerindo que as empresas não esperam que a produção aumente num futuro próximo”, avalia Hayes.