O secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Luís Guilherme Mussi, recebe nesta segunda-feira (26) o presidente da Agência de Promoção de Exportações do Brasil (Apex), Juan Quirós, e o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Ivan Ramalho, para uma reunião sobre as principais linhas de ação de um plano estratégico para o crescimento do comércio exterior do Paraná. A reunião faz parte da primeira etapa do Plano Estratégico de Promoção Comercial, lançado em janeiro pelo ministro Luiz Fernando Furlan.

O plano tem como principal objetivo aumentar as exportações, diversificar a pauta de produtos, ampliar a base de empresas com potencial exportador e promover a inserção do setor empresarial no processo de venda para outros países, visando a geração de emprego e renda. Essa meta será alcançada, de acordo com a proposta, através de ações voltadas para o desenvolvimento de uma política agressiva de promoção comercial no Estado. “O Paraná tem potencial para ampliar sua posição no ranking nacional dos maiores exportadores”, afirma Mussi. “Neste sentido, a parceria com o governo federal vem fortalecer nossa política de venda para o exterior.”

Pesquisa

Durante o encontro, a Apex vai apresentar o resultado de um estudo realizado em todo País, que determinou o potencial exportador de cada estado. Além de levantar os principais produtos que podem ser comercializados, a agência também pesquisou os mercados com demanda para esta produção. O cruzamento dos dados permitirá a prospeção de produtos com maior potencial de vendas junto a determinado país, identificação de concorrentes, comparação entre os preços do Brasil e os de outros países que oferecem mercadorias similares, para seleção de mercadorias nacionais com vantagens competitivas e identificação de empresas importadoras no exterior.