A economia do Reino Unido se contraiu levemente menos do que o originalmente anunciado no segundo trimestre deste ano, mas ainda registrou sua maior queda em termos anuais desde que os registros começaram a ser feitos, em 1955, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas. A revisão mostrou que o Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido caiu 0,7% entre abril e junho, em comparação com o primeiro trimestre, e ficou 5,5% menor do que no segundo trimestre de 2008. Ambas as medidas foram revisadas em 0,1 ponto porcentual para cima em relação à leitura preliminar feita em julho.

A revisão trimestral ficou em linha com a estimativa de analistas, mas participantes do mercado não esperavam que o dado anual fosse revisado. Vicky Redwood, economista da Capital Economics, afirmou que a leve revisão para cima do PIB foi insignificante, se comparada com a queda de quase 6% na produção vista durante a recessão. “Com o aumento dos impostos, o enfraquecimento do mercado de trabalho e as condições de crédito ainda ruins, qualquer recuperação na demanda do setor privado será fraca”, afirmou Redwood em um comunicado. “Continuamos esperando um aumento mínimo do PIB no próximo ano”, acrescentou. As informações são da Dow Jones.