A contração econômica da Rússia se aprofundou no segundo trimestre, segundo dados preliminares divulgados nesta segunda-feira pelo Serviço Federal de Estatísticas do país. O PIB encolheu 4,6% no segundo trimestre, na comparação com igual período do ano passado, após recuar 2,2% no primeiro trimestre.

O país sofre com os preços baixos do petróleo e também com sanções do Ocidente por causa do conflito na Ucrânia. Com isso, enfrenta uma recessão pela primeira vez desde 2009.

O governo prevê que a economia russa encolha até 3% neste ano, antes de voltar a crescer em 2016. Já economistas, inclusive do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, esperam que a contração seja mais prolongada e mais severa que a prevista pelo governo de Moscou. Fonte: Dow Jones Newswires.