O Produto Interno Bruto (PIB) da indústria caiu 3,1% nos primeiros três meses de 2009 em comparação com o último trimestre de 2008, de acordo com dados divulgados hoje pelo IBGE. Na mesma base de comparação, a agropecuária recuou 0,5% e o setor de serviços, o de maior peso no PIB, foi o único com variação positiva, de 0,8%.

No primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, o PIB da indústria despencou 9,3%; a agropecuária caiu 1,6%, mas o setor de serviços cresceu 1,7%. O valor adicionado pelos três setores teve redução de 1,5% em relação ao mesmo trimestre de 2008 e os impostos sobre produtos tiveram retração de 3,3%.

Nos três primeiros meses de 2009, o PIB em valor foi de R$ 684,4 bilhões. Desse total, R$ 584 bilhões se referem ao valor adicionado pelos setores de indústria, agropecuária e serviços e outros R$ 100 bilhões são impostos sobre produtos. Em 2008, o PIB em valor foi de R$ 2,9 trilhões, ou R$ 15.240 por habitante no ano.

Revisão

O IBGE não fez revisões no resultado do PIB do quarto trimestre do ano passado ante o terceiro trimestre nem revisou o PIB acumulado de 2008. Segundo o instituto, houve apenas a revisão na variação do terceiro trimestre do ano passado em relação ao segundo trimestre, na série com ajuste sazonal, que passou de uma variação positiva de 1,7% para +1,4%.