O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro registrou aumento de 0,8% no segundo trimestre deste ano ante o trimestre imediatamente anterior, segundo divulgou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado ficou dentro do intervalo das estimativas dos analistas consultados pela Agência Estado, que iam de uma expansão de 0,35% a uma alta de 1,10%, e ficou em cima da mediana projetada, de 0,80%.

Na comparação com o segundo trimestre de 2010, o PIB apresentou alta de 3,1% no trimestre passado. As estimativas da Agência Estado para essa base de comparação variavam de expansão de 2,70% a 3,80%, com mediana de 3,20%.

No acumulado do primeiro semestre de 2011, o PIB brasileiro cresceu 3,6% em relação ao primeiro semestre de 2010.

Ainda segundo o IBGE, o PIB do segundo trimestre deste ano em valores correntes somou R$ 1,021 trilhão.