A filial da Petrobras na Argentina, Petrobras Energía Participações, anunciou ontem que obteve um lucro líquido de US$ 135,2 milhões entre janeiro e junho deste ano, frente um resultado 77 vezes menor no mesmo período do ano anterior. Apenas no segundo trimestre do ano, o lucro da empresa foi de 264 milhões de pesos, contra um prejuízo de 77 milhões de pesos entre abril e junho de 2004.

?Impactaram favoravelmente no resultado trimestral os elevados preços do petróleo americano e, com menor incidência, a recomposição dos preços do gás e da eletricidade na Argentina?, disse a empresa por meio de um comunicado.

No segundo trimestre do ano, os preços do petróleo cru atingiram patamares históricos no mercado internacional. As vendas da empresa registraram um aumento de 20,3% no ano, atingindo 2,535 bilhões de pesos.

?Há uma importante recuperação em todas as linhas de negócios de petróleo e gás. Falta ainda uma recuperação em termos de volume?, disse o analista Rafael Ber.

O resultado do trimestre foi sustentado por uma diferença cambial e pela redução de perdas com contratos futuros de venda, que haviam chegado a US$ 187 milhões no segundo trimestre de 2004, ficando em apenas US$ 5 milhões neste ano.

A Petrobras Energía Participações é a segunda maior empresa da Bolsa de Valores de Buenos Aires, com um peso de 15,6% na composição do índice Merval. A Petrobras Energía, principal controlada da holding, teve ganho de 513 milhões de pesos no semestre.