A Petrobras descartou problemas de abastecimento de combustíveis no Paraná em virtude das chuvas e dos deslizamentos de terra que interromperam as operações de um duto de petróleo e dois dutos de derivados no Estado. Segundo nota divulgada nesta quarta-feira (16) pela assessoria de imprensa, a Petrobras e a Transpetro prosseguem os trabalhos de avaliação das condições operacionais dos dutos.

De acordo com a companhia, o duto de petróleo OSPAR, que liga o terminal de São Francisco do Sul a Araucária, e o poliduto OPASC, que liga a Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) às bases de Santa Catarina (Itajaí, Biguaçu e Guaramirim), têm previsão de retorno de operação até o fim de semana. A petrolífera informa que também continuam os trabalhos de avaliação das condições operacionais do poliduto OLAPA, que liga a Repar ao terminal de Paranaguá.

Conforme a nota divulgada ontem, “nas condições atuais não há riscos de vazamento nos dutos”.

A Petrobras comunica que está disponibilizando a entrega de derivados em outros polos, principalmente em São Paulo, na Refinaria de Paulínia (Replan) e na Refinaria Henrique Lage (Revap), caso haja necessidade das companhias distribuidoras para atendimento ao mercado. “No momento, a Petrobras não vislumbra problemas de abastecimento na região”, conclui a nota.