O Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) proferiu nesta terça-feira, 29, decisão favorável à Petrobras em processos administrativos que totalizam R$ 11,9 bilhões, segundo informa a companhia. Esses processos foram originados por autuações da Receita Federal para cobrança Cide-importação e PIS/Cofins-importação de 2011, além de PIS/Cofins-importação de 2012 sobre remessas ao exterior para pagamento de afretamento de embarcações. De acordo com a Petrobras, essa decisão não altera a expectativa de perda possível.