O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, afirmou hoje, sem citar números, que o volume de recursos a ser movimentado no processo de capitalização da empresa “será um pouco acima da média das operações desse tipo”. Ele fez a afirmação durante audiência pública na Comissão de Minas e Energia, na Câmara dos Deputados.

Gabrielli não apresentou estimativa sobre qual será o montante da capitalização da Petrobras nem informou qual a média de operação. O que se sabe é que a parte da União na capitalização será o equivalente ao valor a ser atribuído a ser atribuído a reservas de 5 bilhões de barris de petróleo que serão cedidas onerosamente à estatal.