A Secretaria dos Transportes informa que a partir da zero hora desta segunda-feira (27) as tarifas dos serviços de transporte coletivo rodoviário intermunicipal de passageiros dentro do Paraná sofrerão um reajuste de 4%.

Nas linhas com características rodoviárias, ônibus equipados com poltronas estofadas e reclináveis, a variação será de 4,07%. Já as tarifas das linhas metropolitanas, onde os veículos têm características urbanas e os passageiros podem viajar em pé, sofrerão um acréscimo de 4,16 %.

De acordo com o secretário , Waldyr Pugliesi, o aumento é referente ao repasse causado pelas fortes elevações do preço do óleo diesel de maio até dezembro de 2004. "Durante esse período, o combustível sofreu um aumento de 24%. Para evitar uma defasagem maior nas tarifas, resolvemos fazer esse reequilíbrio", afirma Pugliesi.

De acordo com ele, as variações nas tarifas são resultados de uma planilha que leva em consideração diferentes fatores e insumos no cálculo da tarifa. Entre esses componentes destacam-se óleo diesel, lubrificantes, impostos, taxas, peças e acessórios.

Pugliesi lembra que, seguindo essa mesma planilha, na última variação autorizada pelo governo, em maio de 2004, diversas linhas não tiveram alterações nos valores. "Naquele momento, o panorama era completamente diferente tanto que, das 165 tarifas de linhas metropolitanos, 51 não sofreram aumento algum".

Tipos de transporte

Linha Metropolitana

É o veículo urbano simples, com bancos de acrílico e com a presença de catracas. O ônibus faz o trajeto máximo de 70 km e há a possibilidade do passageiro poder viajar em pé.

Linha Rodoviária

São ônibus com características de viagem, com poltronas estofadas e reclináveis, onde há emissão prévia da passagem e não é permitido ao passageiro viajar em pé.